Tudo o que precisa de Saber sobre a nova Pandemia de Gripe A e o Vírus H1N1.
17.9.09

gripe a duraçãoA produção de vacinas é muito inferior à procura, e levará anos até que seja produzida em quantidade suficiente para abranger uma parte significativa da população que permita controlar a pandemia. A Organização Mundial de Saúde estima que as companhias farmacêuticas possam produzir cerca de 900 milhões de vacinas por ano sendo que estas vão ser distribuídas por todos os países do mundo e administradas em primeiro lugar a Grupos específicos como os profissionais de saúde que estão mais expostos ao contágio e que são fundamentais para a sociedade.

 

Por isso a Pandemia vai prolongar-se durante pelo menos 2 anos, durante este período vão existir picos que vão coincidir com a Gripe Sasonal.  Temos que ter presente que este prazo que foi adiantado por Francisco George (Director Geral de Saúde), está dependente de muitos factores. Compreendemos que a sua função deve ser pedagógica e de modo e evitar o alarme social, mas esta vacina que foi feita em modo "acelerado" ainda não foi completamente testada, a OMS (Organização Mundial de Saúde) pede ás organizações de saúde dos diversos países  que estejam atentas a possíveis efeitos secundários e á real eficácia das vacinas. E ainda há a possibilidade de existir uma mutação do vírus o que tornaria as vacinas eneficazes.

 

Portanto devemos estar preparados para de uma forma "natural" enfrentar esta pandemia, procurando sempre estar informados, e fazendo tudo o possível para nos protegermos e aos outros do contágio da Gripe A.


Artigos Relacionados:

tags:
link do postPor Babuíno, às 09:44  comentar

11.9.09

A prevenção é sem duvida a melhor maneira de encarar a Gripe A. Até que exista uma Vacina e ela seja administrada em grande escala, todos estamos sujeitos ao contágio. Por isso devemos ser exigentes e rigorosos no que toca ao cuidados a ter.

 

 

Uma das principais formas de prevenção é a lavagem frequente das mãos, durante a lavagem devemos ter certos cuidados, para que a lavagem seja eficaz:

  • Lavar todas as zonas da mão nomeadamente entre os dedos,  dos dois lados, a ponta dos dedos e  unhas;
  • Limpar as mãos com uma toalha de Papel e fechar a torneira com a toalha sem voltar a tocar na  torneira com as mãos;
  • No caso de estarmos numa casa de banho pública, sempre que possível, não tocar na maçaneta da porta, utilizar por exemplo uma toalha de papel para abrir a porta;
  • Para quando não podemos lavar as mãos, por exemplo antes das refeições, devemos levar sempre connosco um gel de limpeza de base alcoólica de pelo menos 60% de álcool (este tipo de gel encontra-se por vezes esgotado e está a ser alvo de especulação nos preços e embora não sendo muito prática, uma simples garrafinha de álcool faz exactamente o mesmo efeito).

Para além do video acima, fica também uma imagem de como lavar as mãos para evitar o contágio da Gripe A, aconselho a imprimir e a colocar nas casas de banho do seu local de trabalho ou escola, para a que a informação chegue a mais gente possível. Desta lavagem frequente das mãos, tiramos também o benefício de evitar o contágio de muitas outras doenças, algumas até mais graves do que a Gripe A.

 

 

Free Image Hosting at www.ImageShack.us


Artigos Relacionados

 

link do postPor Babuíno, às 22:22  comentar

Temos visto nas noticias, que as Grávidas são um Grupo de Risco. Mas que cuidados especiais devem tomar e como podem proteger os seu Bebés. Como a Gripe A é uma doença nova ainda não existem estudos aprofundados e portanto, mesmo entre a comunidade médica ainda existem algumas duvidas. Em baixo ficam algumas recomendações compiladas no Portal da Saúde e no site da Organização Mundial de Saúde:

 

AMAMENTAÇÃO:

As mães não doentes com o vírus da gripe A(H1N1)v, deverão ser encorajadas a iniciar precocemente a amamentação e a amamentar com frequência os seus filhos.

  • Idealmente os bebés deverão receber sobretudo leite materno. Eliminar a desnecessária substituição com fórmulas para lactentes, ajudará os bebés a adquirir um maior número de anticorpos maternos (Anticorpos são proteínas fabricadas no corpo pelo sistema imunitário que ajudam a combater a infecção).
  • Os recém-nascidos têm um elevado risco de doença grave com este novo vírus da gripe A(H1N1)v e muito pouco se sabe, ainda, sobre a prevenção da gripe A. Se viável apenas os adultos saudáveis deverão cuidar dos recém-nascidos, inclusive para os alimentar.
  • O risco de transmissão através do leite é desconhecido. No entanto, os estudos efectuados sobre a presença de vírus no leite humano na gripe sazonal, sugerem que esse risco é raro, pelo que se supõe que a passagem deste vírus no leite seja também pouco provável.
  • As mulheres doentes com a infecção pelo vírus da gripe A(H1N1)v podem extrair o leite, para recipientes próprios, e solicitar a um membro da família que esteja saudável que o dê ao bebé.

PROTEGER O BEBÉ DA GRIPE A:

  • Tenha um cuidado extra em lavar frequentemente as mãos, com água e sabão, durante 15 a20 segundos, ou com uma solução alcoólica.gravidas e a gripe a
  • Mantenha o bebé afastado de pessoas doentes.
  • Limite a permuta de brinquedos com outras crianças sobretudo se os levam à boca.
  • Lave frequentemente com água e sabão os objectos que o bebé ponha na boca.

Quando tratamos com recém-nascidos todo o cuidado é pouco, devemos ter especial atenção e tal como referido acima é importante afastar os Bebé de pessoas que apresentem sintomas da doença, mesmo que seja a mãe. Neste caso a amamentação deve continuar porque os recém-nascidos não amamentados têm menor capacidade de se defenderem da infecção pois não dispõem dos anticorpos protectores que passam no leite das mães.


Artigos Relacionados:

tags: ,
link do postPor Babuíno, às 15:17  comentar

8.9.09

Embora numa situação normal a Gripe A seja uma doença que não provoca complicações graves existem alguns Grupos que são considerados de Risco. Este Grupos devem prestar especial atenção a quaisquer sintomas e actuar de imediato contactando a Linha de Saúde 24 - 808 24 24 24.


Os Grupos de Risco na Nova Gripe são:

  • Grávidas;
  • Doentes Crónicos;
  • Obesos;
  • Crianças menores de 2 Anos.


A definição de Grupos de Risco para a nova Gripe, não é ainda um assunto de consenso entre a comunidade médica. A OMS, ainda não define  ainda quais são os grupos de risco, avisa antes que toda a gente deve tomar precauções. Têm no entanto surgido alguns casos graves entre adultos saudáveis que aparentemente não se enquadram em nenhum grupo de risco e existe também um maior registo de casos graves em grávidas.


Tópicos Relacionados:

link do postPor Babuíno, às 22:46  comentar


 
arquivos
comentários recentes
Obrigado pelo comentário. O meu conselho é que pro...
Estou com gripe e tive febre por tres dias . Tomei...
De facto o principal foco de confusão sobre a doen...
Obrigado por partilhar a sua experiência.De facto ...
tenho gripe A confirmada e contaminada no trabalho...
Acerca da Gripe A, pandemia mundial, tenho algumas...
Preocupa-me a tentativa de condicionamento da opi...
Quem será dispensável? http://chazadas.blogspot.co...
Olá Ana obrigado pelo comentário.Toca a congelar o...
Olá obrigado pelo comentário.De um modo geral nos ...
subscrever feeds